Psicanálise

O-Sofrimento-para-a-Psicanalise_edited.jpg

Trata-se de uma abordagem que trabalha profundamente o inconsciente, responsável pelas nossas atitudes que temos “em modo automático”. Essas podem chegar a desafiar a lógica e o bom senso. 

Para exemplificar, pense em todas as vezes que você disse “a partir de amanhã não vou mais fazer X coisa” e se pegou repetindo o comportamento sem perceber.

Ou quando falou algo que não queria e emendou um “é brincadeira” no fim para não parecer rude. O inconsciente é responsável por isso.

Sigmund Freud (1856-1939) foi fundador dessa abordagem e talvez o psicanalista mais conhecido, mas há outras escolas de pensamento que contribuíram para o movimento psicanalítico. 

PSICANÁLISE X FELICIDADE

 

“Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.” Thich Nhat Hanh

 

Abordar o sentido da psicanálise é, para mim, falar de felicidade. Quem de nós não desja ser feliz? Para você, o que é felicidade?

Quando pensamos em uma vida feliz, pensamos em vários aspectos: saúde, relacionamento saudável, realização profissional, sucesso, condição financeira, entre outros. Porém, nós esquecemos que só há um caminho para se alcançar o equilíbrio: a saúde mental. Sem saúde mental, não há saúde. É através dela que fazemos boas escolhas, que conseguimos encerrar ciclos, romper relações tóxicas, focar em metas e objetivos, com serenidade e coragem.  Daí a importância da psicanálise.

Através do processo psicanalítico, que é o trabalho de fazer falar e fazer ouvir, trazemos os registros do inconsciente para o consciente para entender os porquês e criar um novo jeito de ser. A análise promove o autoconhecimento e melhora o controle emocional. Compreende vencer resistências, interpretar e construir um novo olhar. São tratados  transtornos de ansiedade, angústia, depressão, traumas de infância, entre outras questões, ressignificando-os.

Uma pessoa feliz não é a que não tem problemas (isso é utopia), mas sim a que sabe lidar com eles. Isso é estrutura emocional. A pessoa que não se conhece, que não desperta para si, repetirá os mesmos comportamentos, fará as mesmas escolhas e, como consequência, vivenciará o mesmo sofrimento.

A análise visa buscar a harmonia entre o que você pensa, o que você diz e o que você faz. Isso é equilíbrio, isso é saúde mental, isso é felicidade...  isso é psicanálise!

Dra. Mônica Pellenz

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube - círculo cinza